28 de out de 2009

As promessas da Oração


AS PROMESSAS DA ORAÇÃO
Em II Cr 7.14 encontramos a narrativa da consagração do Templo de Jerusalém. Após as cerimônias Deus apareceu a Salomão e falou sobre sua atitude para com o povo quando este o procurasse em oração.

“Então, se o meu povo, que pertence somente a mim, se arrepender, abandonar os seus pecados e orar a mim, eu os ouvirei do céu, perdoarei os seus pecados e farei o país progredir de novo.”

Este texto nos mostra a promessa de Deus sobre sua resposta às orações. Esta promessa é condicionada a algumas atitudes a serem tomadas pelo povo que se reconhece como pertencente a Ele. Vejamos algumas destas atitudes:
1 - Arrependimento – Deus deseja que seu povo seja apenas dele, por isso é necessário que cada integrante do povo perceba sua situação diante de Deus, e se humilhe, reconhecendo seus erros. O arrependimento é ensino central do nosso Deus para seu povo, tanto no Judaísmo como Cristianismo. Não deve ser confundido com remorso, pois este produz a retroalimentação da culpa, não permitindo que seja expiada. Arrepender-se é reagir de forma saudável à culpa, confessando o erro e experimentando a restauração proporcionada pela graça de Deus.
2 - Conversão – O arrependimento deve ser autenticado pela conversão, ato de tomar direção contrária à que vinha seguindo. Para ter sua oração ouvida por Deus é necessário estar seguindo na sua direção, se aproximando cada vez mais dele. Desta forma, cada pessoa deve analisar sua vida e se converter.
3 - Orar – Por mais estranho que possa parecer, a terceira atitude para ter suas orações respondidas é buscar a Deus em oração. Isto acontece porque muitas vezes as pessoas pensam que basta apenas pedir, esquecendo-se do que é orar.
Orar é conversar com Deus, é ter intimidade com Ele e responder às suas ordens. A estas atitudes Deus responde com seu amor expresso em atenção especial, perdão e prosperidade.

Tenham um bom dia na graça de Deus.

26 de out de 2009

Filhos: há esperança de um futuro para eles?


Filhos: há esperança de um futuro para eles?

Assistindo a um telejornal, me deparei com uma notícia estarrecedora. Uma jovem de apenas 20 anos foi morta e esquartejada. Seu corpo foi colocado dentro de uma mala e a polícia ainda procurava por sua cabeça. O fato aconteceu na cidade de Goiânia, bem próximo a Brasília, onde resido.
Cruel, cruel demais. Fiquei pensando na mãe que um dia carregou aquela jovem por nove meses em sua barriga. A mãe que a amamentou, a acalentou, a fez dormir e que tanto a amou. Dor demais.
O fato me fez pensar em outras realidades difíceis de enfrentar: drogas, promiscuidade, prostituição, criminalidade, vícios, pedofilia, etc.A vontade que dá é voltar no tempo. Viver nos dias de nossos avós, quando era possível sair à noite sem o menor risco, sentar na calçada com os vizinhos, deixar as crianças correrem, brincarem e serem felizes, sem medos. Mas, é impossível voltar no tempo. Bom, mas se é impossível voltar no tempo para viver no passado, e se os dias presentes são tão assustadores, o que dizer do futuro?
Para nós, que somos pais, não é fácil pensar no que o futuro reserva para nossos filhos e netos, diante de notícias como as que vemos hoje. Só que por mais improvável que pareça, há sim esperança.

Jesus, quando esteve aqui na terra, disse para Seus discípulos que viveríamos tempos difíceis nos últimos dias da história deste mundo. Ele já visualizava tudo que temos acompanhado nos noticiários. E, justamente por nos amar tanto, deixou uma grande quantidade de textos reveladores sobre o futuro, textos que apresentam o caminho da esperança para os dias em que vivemos.

“E por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos. Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo.” Mateus 24: 12 e 13. “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” João 16:33.“Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão.” Mateus 24: 35.“Porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos, e, então, retribuirá a cada um conforme as suas obras.” Mateus 16:27.“Ajuntai para vós tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam; porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.” Mateus 6:20 e 21.
É mais do que hora de nos apegarmos a estas promessas bíblicas sobre um futuro cheio de esperança para nós e nossos filhos.

É mais do que hora de inculcarmos as verdades bíblicas na cabecinha de nossos pequenos. É mais do que hora de fazermos com que a busca incessante de Deus seja a prioridade de nossa vida e da vida dos que estamos educando.“Pedi e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei e abrir-se-vos-á; porque todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e a quem bate, abrir-se-lhe-á.” Mateus 7:7 e 8.Agora, após ler e meditar nestes textos bíblicos, ao invés de perguntar, posso afirmar: Sim, há esperança de um futuro para nossos filhos.

Texto retirado do site esperança.com.br Por Márcia Ebinger

6 de out de 2009

Estudo Bíblico - Ovelhas de Cristo

Estudo Bíblico Ovelhas de Cristo.
Palavra do Pastor-Márcio Valadão- Igreja Batista da Lagoinha-BH
Deus ama você incondicionalmente!
Que a doce e tão maravilhosa paz de Jesus Cristo possa envolver completamente seu coração. Estou aqui como profeta de Deus para plantar no seu coração a bendita palavra do Senhor. Muitas vezes as pessoas confundem um pouco a palavra profeta, alguns acham que profeta é apenas aquele que antevê o futuro e diz aquilo que irá acontecer. Não, profeta é aquele que fala no lugar de outra pessoa também.
Então, hoje eu quero plantar esta semente viva que é a palavra de Deus. Tudo o que está escrito na Bíblia, tem um propósito. E o propósito é exatamente nos levar a conhecer Deus, os caminhos Dele, a vontade Dele, os propósitos Dele. Quando o seu coração é cheio destas revelações, quando você passa a compreender que o Senhor é bom, que a misericórdia Dele dura para sempre, vem uma paz gostosa, maravilhosa, que transborda no nosso coração.

Deus não faz acepção de pessoas, todas as pessoas são iguais para Ele, Ele não ama uma pessoa mais do que ama outra, o amor Dele é o mesmo para com todos. O amor Dele é incondicional. Nós, seres humanos, aprendemos a amar através de condições, amamos quando, se, porque. Mas Ele escolheu nos amar independentemente de qualquer predicado que tenhamos, ou seja, Ele escolheu nos amar.

Quando nosso coração passa a compreender essa verdade do amor incondicional do Senhor, quando respondemos este amor nos aproximando e dizendo “Senhor eu preciso de Ti, da tua ajuda”, quando você passa a ver Deus não como aquele ser tão longe, tão afastado, mas alguém presente, alguém que está próximo de você agora, neste momento, você entende que não existe nada da sua vida que Ele não esteja contemplando, conhecendo. O amor Dele é tão grande, a bondade Dele é tão plena, a fidelidade Dele vai de geração em geração sobre aqueles que o buscam.

Está escrito em Lucas, capítulo 4:“Deixando Ele a sinagoga foi para a casa de Simão, ora a sogra de Simão achava-se enferma com febre muto alta, rogaram-lhe por ela. Inclinando-se Ele para ela, repreendeu-lhe a febre e sta a deixou e logo se levantou passando a servi-los.”

Logo depois que Jesus sai da sinagoga, que era a igreja daquela época, ele vai para a casa de Simão. E diz a bíblia que a sogra de Pedro estava enferma, com febre muito alta. Febre não é uma doença, mas um sintoma. Hoje em dia, as pessoas estão apavoradas com a gripe suína, mas a febre ela apenas revela algo interior, algo que não vai bem. O que fez Jesus?

É interessante que outras pessoas procuraram Jesus em favor da sogra de Pedro. É exatamente esse o nosso privilégio, o de levar outras pessoas a Jesus. O que eu desejo é levar você a Jesus. Talvez a sua febre não seja física, mas o seu casamento, a sua fé vacilante, a culpa, pecados que estão te destruindo, tirando a sua alegria de viver. Mas hoje eu quero levar você a Jesus.

No texto diz que Jesus inclinou-se para ela. Jesus inclina, volta, se dobra, toca. Quando você entende isso, que não é você que alcança Deus, mas Deus é que alcança você percebe que o que Jesus veio fazer não foi fundar uma nova igreja ou religião, Ele veio para salvar, libertar, transformar, mudar, dar uma nova oportunidade.

Hoje, Jesus se inclina sobre você, sobre o mal que reside na sua vida e tira o prazer do seu existir, com um propósito: Ele quer que a sua vida seja completamente restaurada, mudada. Ele sempre oferece uma nova chance, uma nova oportunidade. Ele não repreendeu a mulher, mas a febre. Uma coisa é o mal, outra é a pessoa. Uma coisa é o pecador, outra é o pecado. Deus ama o pecador, mas odeia o pecado porque o pecado destrói, leva o homem a voltar-se contra Deus, faz o homem entregar-se ao senhorio de satanás.

Deus ama o pecador. Jesus repreendeu a febre e ela a deixou. Quando a pessoa vem pra Jesus, tudo muda. Aquilo que oprimia, que esmagava é retirado. E diz o texto: “e logo se levantou”. Jesus faz isto, restaura. Ele quer te levantar, ele te estende a mão, Ele quer tocar em você. Ele segura as suas mãos. Que Jesus te faça crescer e saber que Ele tem sempre o melhor para sua vida.


Se você precisa de uma oração, ligue para a Igreja Batista da Lagoinha-BH. Estão 24 horas a disposição para que você conheça a realidade de Deus para você. (31) 3429-9550.

Sm 46:10 Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.
__________________________________________________________________
Quando agradecemos ao Senhor“
O povo de Israel teve vários motivos para não se esquecer de cada milagre e provisão que Deus fez em favor de todos no deserto” (Deuteronômio 8).
De acordo com a Palavra, Deus provou Moisés por quarenta anos. Provou a motivação real do coração deste homem. Provou a fidelidade em guardar os mandamentos que Ele ordenara.
Há pessoas que pensam que a vida se reduz à satisfação de seus apetites: “Ganho dinheiro para me vestir bem, comer do bom e do melhor, e andar em grande estilo, tenho uma boa vida”.
Esta tem sido a fala de muitos. Mas tais coisas não satisfazem nossos mais profundos anseios. Os desejos, os anseios desesperados e incontroláveis que nos destroem constantemente, têm se tornado, ou podem se tornar, “deuses” na nossa vida, por isso estejamos vigilantes quanto a isso. “Coisas” nos deixam vazios e insatisfeitos.
A vida real se baseia no total compromisso com Deus, o Criador de tudo, e esse compromisso requer disciplina, sacrifício e muito trabalho. Ser provado por Deus, para reconhecer o nosso interior, é algo que nos ajuda a crescer e a estar mais próximos dele, porém não devemos esquecer que seremos constantemente tentados, pela nossa carne, a parar ou desistir no meio do caminho.
Quantas vezes confiamos em nosso próprio braço, em nossa própria força, mas devemos nos lembrar que é Deus quem nos dá força para adquirirmos poder. O nosso caráter é algo que está sendo moldado todos os dias. Temos que ter um coração agradecido. O povo de Israel teve vários motivos para nunca se esquecer de cada milagre e provisão que Deus fez em favor de todos ali no deserto, mas muitos se esqueceram.
E quantos de nós também nos esquecemos de agradecer pelo carro que está conservado, pela casa que temos, pelas roupas que vestimos. E mesmo não precisando de “nada” devemos agradece-lo, sempre, pois o maior de todos os “bens” Ele nos deu, Jesus Cristo!Também devemos buscá-lo com a mesma intensidade de quando o buscamos nas lutas.
São em meio às lutas, às chibatadas, quando o barco balança com a tempestade, que podemos nos alto avaliar e ver onde está nossa confiança! Se o nosso interior estiver em ordem, correremos para o Senhor e reconheceremos sua soberania. Seremos gratos pelo cuidado dele e ficaremos em paz.
Reconheceremos que Ele tem moldado o nosso caráter e o nosso coração para o nosso próprio bem, somos provados para sermos aprovados pelo Senhor!::Por Peterson AmicuchiMissionário, formado pelo CTMQ - PR (Centro de Treinamento Missionário Quadrangular).
Sm 46:10 Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.

Veja também:

Parceiros

Curso de Violão Gospel