8 de jun de 2008

Projeto Perú









A Igreja Assembléia de Deus Missionária do Peru foi fundada no ano de 1970 pelo Pr. Carlos Fernández, na cidade de Lima. Já os primeiros anos foram notórios pela manifestação do Espírito Santo. Houve muitas curas e milagres, e manifestacções espirituais como profecias e curas divinas.
Entretanto, chegou um terrível período de lutas e dificuldades espirituais. Não aconteceu nenhum batismo com o Espírito Santo por longos oito anos. Durante aquele período Pr. Carlos orava e pedía que houvesse uma mudança, uma intervenção de Deus. Ele recebeu, então, uma revelação de Deus: viu um balneário com uma ilha cheia de árvores. A visão se repetiu duas vezes. Chegou a pensar que talvez fosse um lugar para onde Deus o levaria. Mas aquela visão tratava de algo muito mais maravilhoso.
Finalizava o ano de 1986 e chegou a sua casa um pastor peruano, Santiago Mendoza – acompanhado de um pastor brasileiro, Valdemir Damião. E foi por aí que começou uma relação maravilhosa com os Gideões Missionários da Última Hora!
Já em março de 1987, durante o aniversário da igreja, o Pr. Damião esteve presente: ele foi o primeiro missionário dos Gideões no Peru.
Durante muitos anos a igreja peruana não crescia e não havia manifestações espirituais, porém acreditava-se em uma mudança, que a qualquer momento um grande reavivamento viria sobre a igreja. Mas é claro que devido a situação muitos duvidavam. Será realmente que depois de tantos anos aconteceria algo novo na igreja?
Mas eis que em 1987 Deus começou a falar que novamente derramaria seu Espírito sobre a igreja, e foi aí então que em uma viagem missionária Damião visita aquela igreja e fala sobre o trabalho dos Gideões Missionários da Última Hora. Nascia uma esperança no coração do Pr. Carlos Fernandez!
A partir daí Deus começa a batizar irmãos com seu Espírito Santo e há um renovo diário na vida daqueles poucos irmãos.
No mês de maio do mesmo ano Pr. Carlos viaja ao Brasil com o missionário Damião, com destino a Camboriú, SC, para conhecer os Gideões Missionários e seu presidente o Pr. Cesino Bernardino.
Mas lá no fundo acreditava que não seria recebido, afinal de contas era apenas mais um estrangeiro em uma terra turística.
Assim que chegaram os obreiros da igreja de Camboriú os receberam e mostraram as pequenas instalações missionárias de então.
Pr. Carlos é apresentado, então, ao Pr. Cesino Bernardino. Obviamente Deus tinha um propósito na vida dos dois, que rapidamente se tornaram amigos, amizade que permace até os dias atuais.
Assim que Pr. Carlos falou sobre a dificuldade da igreja peruana a resposta do Pr. Cesino foi clara: “Conte comigo, meu amigo!”. Selaram, então, essa união com um abraço missionário que com certeza seria o abraço que salvaria centenas de peruanos.
No mesmo ano de 1987 Pr. Cesino resolve conhecer o Peru, e essa era a pior época que vivia o país, momentos de guerrilha, terrorismo com o grupo rebelde Sendero Luminoso, que massacrou e mutilou milhares de pessoas inocentes.
Uma vida de pura tensão e medo, não havia luz elétrica, pouca água e muito pânico.
Em vários cultos em que o Pr. Cesino pregava teve que interromper sua pregação para se escondere das bombas e ameaças de morte.
Mas nada daquilo amendrotava Cesino Bernardino que, envolto em uma paixão missionária, via apenas o crescimento da igreja, sempre animando os peruanos a não desistirem, mas seguirem avante com a mensagem de Cristo.
Naquela época a igreja era muito pequena, coberta de bambu, sem banheiros e água, não havia nenhum tipo de comodidade, apenas coragem e sonhos.
Pr. Cesino Bernardino é emboscado na rodovia a caminho de Canhetes quando visita o campo, mas nada disso faz com que o trabalho seja interrompido.
Assim que Pr. Cesino Bernardino retorna ao Brasil, missionários começam a ser enviados ao Peru. Até o dia de hoje a igreja se lembra com muito amor do missionário Evaristo Rosa e sua amável família. Eles trabalharam sem medir esforços para o crescimento e costrução de um novo templo.
Por razões políticas daqueles tempos não era possível documentar os missionários e eles viajavam para o Chile para poderem ficar próximos da igreja e assim poder atendê-las.
Mas Gideões não deixou em nenhum momento de atender e enviar ofertas para a construção da nova sede.
Gideões então começa a treinar os peruanos para serem missionários até que o país se estabilize, e a primeira missionária peruana a ser mantida pelos Gideões é a irmã Isabel Trujilliano, uma jovem apaixonada pela obra missionária.
Em seguida outros missionários nasciam, como o jovem Marcelo Torres, que iniciou um trabalho missionário na selva onde era mais intenso os ataques dos rebeldes.
Infelizmente quando construía uma pequena igreja na selva Marcelo é picado por uma víbora e dias depois parte para estar com o Senhor.
Foi muito triste, mas Deus levantava outros homens como o missionário Florencio Orihuela e os Gideões os assumia finaceiramente.
Em 1990 houve uma pequena melhora política no país e as portas se abrem para a entrada de missionários brasileiros. Pr. Cesino envia, então, o missionário Silas de Souza e sua família, que foram trabalhar no norte.
Chega Maria José, uma outra jovem do norte do Brasil. Daí, então, não pararíamos mais de enviar missionários: foram enviadas Marta Gonçalvez, Maria Raimunda, Eliuda da Silva, Sixto Alfageme, Rosaura Salles, Cisina de Oliveira, Luiz Sumem, Guilerme Caui, Henrique Moya, Assunção Furtado, Nelly Godoy, Marta Barzola, Rodolfo Chaves, Raul Cama, Adwin Paco, Segundo Vasquez e outros que a igreja peruana começara a recrutar.
Dessa forma vinte anos se passaram, trabalhando, vencendo barreiras, e no mês de junho de 2007 foi realizado em Lima o aniversário de duas décadas de uma perfeita união missionária, numa igreja completamente diferente, grande e repleta de salvos em Cristo graças à visão missionária do Pr. Cesino Bernardino, que acreditou na visão e sentimento do peruano Carlos, home de sonhos que via em suas orações uma grande igreja adorando a Deus.
Presentes nesse grande evento, onde mais de duas mil pessoas se reuniram para adorarem a Deus nesse dia tão memorável, estava a equipe formada pelo Pr. Cesino Bernardino, sua esposa missionária Elba Bernardino, Pr. Alexandre Bernardino, nosso amigo Henrique Reame, Pr. Adeildo Costa e eu, Ivandro Morim, que fui seus olhos para que pudessem ver o crescimento da obra do Senhor.
Vale a pena adquirir o DVD desse grande projeto que foi gravado no coração do Projeto Peru: um projeto banhado em lágrimas!




Se você deseja ajudar esse grande Projeto clique na imagem abaixo, em seguida em "Contribuir", e que o Senhor lhe abençoe.





"O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei." (João 15 : 12)

Nenhum comentário:

Veja também:

Parceiros

Curso de Violão Gospel